Liquidação: Servidor reivindica salários em dia e ganha gás lacrimogêneo

A polícia militar expulsou, por volta das 18h dessa sexta-feira (24), os servidores grevistas da Uern e Saúde do Estado que ocupavam o prédio da Secretaria de Planejamento e Finanças (Seplan), no Centro Administrativo. O batalhão de Choque da PM chegou arrepiando, botou pra torar nos manifestantes usando bombas de gás lacrimogêneo para cumprir a ordem judicial de reintegração de posse pedido pelo Governo. Como brinde, a PM continuou lançando bombas de gás nos grevistas mesmo quando todos já estavam na parte externa do prédio.

Há 22 meses que o funcionário público do RN recebe o salário em atraso. Entretanto, para o Estado é bandido quem reivindica salários em dia.

Uma lástima. Mas, quem é o bandido nessa História mesmo?

 

 

Gostei | Não gostei

6 pontos
Upvote Downvote

Total de votos: 6

Vote Sim: 6

Upvotes percentage: 100.000000%

Vote Não: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Deixe um Comentário